Últimas

Rogério Tiago de Fátima Lobato

Rogério Lobato, proveniente da família Lobato de Bazartete, Liquiçá. Irmão do herói timorense Nicolau Lobato; era o antigo Ministro da Defesa da República de curta duração Democrática de Timor-Leste proclamado em 28 de Novembro de 1975 e também serviu no primeiro governo constitucional de Fretilin como Ministro Interior e foi demitido 2006. Resultado de uma crise político-militar no país e condenado em 2007 com sete anos e meio de prisão.

Biografia

Rogério Lobato era reservista do Exército Português e antigo professor de latim era. Passou quase um quarto de século na diáspora. Com ligação ao Pol Pot de Camboja, Rogério Lobato foi treinado pelo governo chinês e vietnamitas. Foi condenado por contrabando de diamantes em Angola nas décadas de 1980. Quase todos os irmãos Lobatos foram mortos durante a ocupação Indonésia. O Estado Timorense incansavelmente pediu os indonésios para localizar os restos mortais de Nicolau Lobato.
Durante a crise político-militar em 2006, Rogério Lobato foi condenado a sete anos, alegadamente no envolvimento na distribuição de armas a um grupo armado destinado em eliminar os adversários do governo. Rogério Lobato não serviu a sentença toda e foi libertado um ano depois de ser preso, declarando que precisava de assistência médica urgente fora de Timor. Lobato foi evacuado num avião alugado pelo governo de Kuwait.
Rogério Lobato defende a necessidade de uma negociação profunda entre Timor e as companhias petrolíferas para que gás seja canalizado para a costa sul de Timor-Leste. Lobato também defende a melhoria de ambiente empresarial para as pequenas empresas timorenses e investidores estrangeiros. Rogério Lobato vê a importância de fortalecer os laços entre Díli e Pequim.