Últimas

Timor-Leste/Eleições:Católicos timorenses criam oração para as presidenciais

15 de Março de 2012, 18:14

Díli, 15 mar (Lusa) - Os católicos de Díli, capital de Timor-Leste, têm uma oração específica a pedir a Jesus Cristo que os ajude a escolher de forma correta o próximo Presidente do país, nas eleições que se realizam no sábado.

A oração, que está a ser distribuída pela Diocese de Díli juntamente com um pequeno livro com reflexões sobre a paz, diz: "Jesus Cristo, pedimos-Te para olhar por nós, teus servos, mulheres e homens, porque dentro de pouco tempo iremos ter eleições gerais para escolher o chefe da nossa Nação".

"Concede-nos o teu Espírito Santo para nos guiar, abrir a mente e o coração para escolhermos bem o nosso líder de maneira a quem quer que seja o nosso líder tenha responsabilidade pelo nosso futuro", pode ler-se ainda no panfleto.

A oração pede para que o futuro líder de Timor-Leste construa uma vida pacífica para todos e que liberte os timorenses da "pobreza".

No âmbito das eleições presidenciais e legislativas, que devem realizar-se em junho, o bispo de Díli, Alberto Ricardo, enviou também uma mensagem aos eleitores e aos políticos católicos.

Aos eleitores, o bispo recomendou que criem um ambiente de paz e sossego, que se afastem dos conflitos e que participem livremente nas eleições.

O bispo Alberto Ricardo disse também aos eleitores para analisarem as informações transmitidas pelos políticos para que não "sejam vítimas de falsas promessas".

"Votem com responsabilidade, em consciência e não se curvem às intimidações e manipulação", sublinhou na missiva, acrescentando que os eleitores devem respeitar os resultados eleitorais.

Aos políticos, o bispo de Díli pediu para mostrarem "maturidade e ética política".

"Ajudem o povo a ter consciência política e o seu direito político com responsabilidade, liberdade e justiça", afirmou na carta.

O bispo de Díli pediu também aos políticos para que os interesses partidários e particulares não se sobreporem aos interesses do povo, recomendando que governem bem o povo e promovam um desenvolvimento sustentável em todas as áreas e setores.

Cerca de 90 por cento da população timorense é católica.

No sábado, mais de 600.000 eleitores vão escolher entre 12 candidatos para o cargo de Presidente da República, atualmente exercido por José Ramos-Horta, que concorre a um segundo mandato.

São também candidatos às eleições presidenciais Manuel Tilman, Taur Matan Ruak, Francisco Guterres Lu Olo, Rogério Lobato, Maria do Céu Lopes da Silva, Angelita Pires, Francisco Gomes, José Luís Guterres, Abílio Araújo, Lucas da Costa e Fernando Lasama de Araújo.

MSE.

Lusa/Fim


Comentários