Últimas

Timor-Leste/Eleições:Ramos-Horta diz que terá liberdade se perder ou motivação se ganhar (C/ÁUDIO E FOTOS)

17 de Março de 2012, 12:57

*** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt *** Díli, 17 mar (Lusa) - O Presidente timorense, José Ramos-Horta, que se recandidata ao cargo nas presidenciais de hoje em Timor-Leste, considera que uma derrota eleitoral significará a sua liberdade pessoal, mas garante que, se vencer, terá motivação para um segundo mandato.

"Se perder ganharei a minha liberdade, se não perder terei motivação para um segundo mandato", disse Ramos-Horta, durante uma conversa de cerca de 45 minutos com a imprensa nacional e estrangeira, após ter votado na escola primária de Metiaut, em Díli, onde chegou vestido de azul num Mini Moke da mesma cor.

Cerca de 625 mil eleitores, num país com pouco mais de um milhão de habitantes, participam nas eleições presidenciais, disputadas por um total de doze candidatos.

MSE/HB

Lusa/fim


Comentários