Últimas

Timor-Leste/Eleições:"Aceito a responsabilidade que me atribuíram" ... (ATUALIZADA) (C/VÍDEO)

18 de Abril de 2012, 20:24

*** Serviço vídeo disponível em www.lusa.pt *** Díli, 18 abr (Lusa) - O vencedor das eleições presidenciais de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, anunciou hoje que aceita a responsabilidade que as eleições timorenses lhe conferiram, num discurso de mais de 20 minutos na sede de candidatura, perante mais de duas centenas de apoiantes.

"As minhas primeiras palavras vêm do fundo do meu coração e dirigem-se ao nosso querido povo de Timor-Leste. Souberam mostrar ao mundo que, com o vosso civismo, disciplina e empenho, estamos prontos a assumir a responsabilidade sobre o nosso futuro", afirmou Taur Matan Ruak.

"É com muita humildade que vos anuncio que aceito a responsabilidade que me atribuíram, através do voto livre e democrático", acrescentou.

Os resultados finais provisórios divulgados na terça-feira pelo Secretariado Técnico da Administração Eleitoral timorense dão a vitória na segunda volta das eleições presidenciais a Taur Matan Ruak, com 61,23 por cento dos votos.

O candidato Francisco Guterres Lu Olo, apoiado da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin) ficou em segundo lugar com 38,77 por cento dos votos.

"Quero dirigir uma palavra muito especial ao meu irmão e companheiro Lu Olo. A postura que assumiu ao longo de toda a campanha foi exemplar e digna. Aos militantes da Fretilin desejo dizer que ninguém será excluído. O nosso país precisa de todos os timorenses", afirmou.

Segundo Taur Matan Ruak, enquanto cidadãos responsáveis, os militantes da Fretilin honram o partido que merece "todo o respeito".

No discurso, o futuro Presidente timorense agradeceu a todas as organizações, partidos e indivíduos que colaboraram na sua candidatura à presidência e ao Secretariado Técnico da Administração Eleitoral e Comissão Nacional de Eleições.

"Provaram a todos que temos a vontade política e a competência para realizar um ato eleitoral democrático, livre e justo", afirmou.

Taur Matan Ruak agradeceu também aos observadores eleitorais e comunicação social internacional.

"É através de vós que o mundo toma conhecimento do ambiente pacífico e de enorme maturidade com que foi realizado este ato eleitoral", disse.

No final, Taur Matan Ruak dirigiu-se ainda ao atual Presidente do país, José Ramos-Horta, agradecendo-lhe o apoio dado ao longo de anos.

"Estou convicto que todos os cidadãos compartilham comigo um agradecimento profundo pelo nobre, competente e muito digno serviço que prestou à pátria", disse, sublinhando que continuará a contar com o apoio de José Ramos-Horta.

Aos cidadãos timorenses disse que é preciso participarem e empenharem-se para "levar o país para a frente".

MSE/RBV.

Lusa/Fim


Comentários