Últimas

Timor-Leste:Lu Olo diz que candidatura às presidenciais consolidou votos na Fretilin

04 de Maio de 2012, 16:21

Díli, 04 mai (Lusa) - O presidente da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin), Francisco Guterres Lu Olo, disse hoje à agência Lusa que vai continuar a trabalhar para o país e que a sua candidatura às presidenciais consolidou os votos no partido.

Francisco Guterres Lu Olo perdeu a segunda volta das eleições presidenciais do passado dia 16 de abril em Timor-Leste, ganhas por Taur Matan Ruak, com 174.408 voto (38,77 por cento).

Na primeira volta, o candidato da Fretilin obteve 133.635 votos.

"Na segunda ronda das eleições presidenciais os meus votos aumentaram significativamente", afirmou Francisco Guterres Lu Olo, que falava à Lusa no Comité Central do partido, em Díli.

Para o antigo presidente do Parlamento nacional, o aumento dos votos ficou a dever-se à apresentação do seu compromisso eleitoral e ao debate entre os dois candidatos, transmitido na televisão estatal.

"As pessoas ficaram a perceber melhor a qualidade de cada um a discutir temas importantes para o país. Esses votos são votos consolidados para a Fretilin", afirmou.

Segundo Francisco Guterres Lu Olo, o aumento dos votos é "muito bom" para as eleições parlamentares, marcadas para 07 de julho.

"Vamos continuar a trabalhar para aumentar o número de votos e obter mais mandatos no Parlamento nacional", disse.

O presidente da Fretilin garantiu também que vai "continuar a trabalhar" para o país e para a paz e a estabilidade.

Questionado sobre se admite voltar a apresentar-se como candidato às presidenciais do país, Francisco Guterres Lu Olo disse que o futuro o dirá, lembrando que o antigo Chefe de Estado brasileiro Lula da Silva perdeu várias eleições antes de conseguir ser eleito Presidente do Brasil.

MSE.

Lusa/Fim


Comentários